Mídia independente

 
A mídia independente é aquela que não é caracterizada pelo vínculo de compromisso com instituições, anunciantes ou grupos governamentais, e não está sob o controle de grandes veículos de comunicação. Ela busca fornecer informações que promovam o livre pensamento, além de contar com a variedade de opiniões. De uma forma geral, é o tipo de publicação que não procura necessariamente propagar a ideologia de grupos dominantes. Atualmente, os blogs disponíveis na internet estão entre os meios mais utuilizados como forma de praticar a mídia independente. 

rodrigo alvares
O Reduto Imprensa entrevistou o jornalista Rodrigo Alvares sobre Jornalismo Independente.

Rodrigo Alvares foi um dos cinqüenta blogueiros ao redor do mundo convidado pelo G20VOICE para fazer uma cobertura sobre a última reunião de cúpula do G20 – aquela em  Londres,  que levou à repercussão do assunto sobre o presidente dos Estados Unidos ter dito que o presidente Lula é “o cara”.

Além do seu blog sobre política, A Nova Corja, ele também colabora para as revistas Rolling Stone , Galileu e para o Global Voices Portuguese.

Pergunta: No seu blog você tem liberdade para escrever o que quiser. Quando se trabalha em uma grande revista, jornal ou outra mídia, é preciso ter mais responsabilidade sobre o que é publicado?

Resposta: Dependendo do que e como tu escreves, essa liberdade é ilusória. Os blogs sofrem um cerco cada vez maior e entre os meus amigos a sensação é de que a “festa” acabou. A responsabilidade sobre o que tu escreves deve estar em cada informação publicada, seja sobre uma receita de culinária ou o câncer da Dilma. A ética do que se publica está além do veículo.

Pergunta: Quando você tem que se submeter a um posicionamento ideológico do veículo para o qual você trabalha,  o objetivo principal é transmitir a ideologia nas notícias ou tentar manter o equilíbrio?

Resposta: Já trabalhei em várias redações e nunca me vieram com essa história de posicionamento ideológico. Isso é mais uma filosofia dos jornalistas de esquerda para mascarar o simples fato de que um jornal é um negócio. É claro que se percebe uma preferência por um ou outro político. Não é uma questão de fechar os olhos para a politicagem, mas sim de fazer o teu trabalho – coleta informações, conversa com fontes, cruza dados. Enfim, o básico. Estamos em 2009, não 1989.

Pergunta: Você fez parte dos 50 blogueiros que foram convidados pelo G20VOICE para cobrir o último encontro do G20. Você vê tal fato como um incentivo para a mídia independente?

Resposta: Claro, é uma tendência que só deve crescer nos próximos meses. Infelizmente, vai demorar para que essa mentalidade chegue ao Brasil.

Pergunta: Além do fato de que os blogs são  menos vistos do que a televisão, jornais, revistas e até mesmo o rádio, quais os principais obstáculos que um jornalista independente enfrenta ao publicar suas idéias?

Resposta: Isso depende. A grande mídia bebe – e muito – das pautas que alguns blogs levantam. Basta prestar atenção. Os principais problemas aparecem quando tu publicas informações sem ter certeza ou confirmar o que vai ao ar.

Pergunta: No El País, jornal espanhol, os jornalistas tem uma liberdade editorial para escreverem o que bem entenderem. Não há um posicionamento político ou ideológico para se seguir. Apesar de parecer um fato isolado, aqui no Brasil seria possível realizar algo parecido?

Resposta: Essa é outra ilusão que criam nas faculdades de Jornalismo. Mas entendo que por liberdade editorial o repórter tenha confiança de seu editor para escrever do seu jeito, mas sem deixar a objetividade de lado. Isso não acontece no Brasil por causa do baixo nível dos estudantes e formandos em sua maioria – claro que também acontece nos EUA e na Europa, mas lá tu sequer precisa do diploma para ser jornalista.

Anúncios
Published in: on 07/06/2009 at 1:30  Comments (1)  

The URI to TrackBack this entry is: https://redutoimprensa.wordpress.com/2009/06/07/midia-independente/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. […] Clique aqui para conferir o papo. […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: